Sérgio Conceição: «Não estou agarrado ao lugar»

25 abr, 14:56
Conceição renova com o FC Porto (Foto: FC Porto)

Treinador agradeceu a Pinto da Costa a «confiança» e lembrou os títulos conquistados desde que chegou após a renovação de contrato com o FC Porto em vésperas das eleições

O FC Porto oficializou, esta quinta-feira, a renovação de contrato com Sérgio Conceição até 2028, a dois dias das eleições do clube. Após a assinatura do contrato, o técnico, que está no clube desde 2017, garantiu que não está «agarrado ao lugar».

«Há duas ou três coisas importantes. Quero agradecer ao presidente pela confiança porque de certeza que ele não me propôs esta renovação pela forte relação pessoal que temos, mas sim pelo sucesso desportivo. Quero lembrar que nos últimos sete anos, conquistamos muitos títulos e nos últimos quatro, ganhámos seis, tantos quantos os nossos rivais. Queremos dar continuidade ao sucesso desportivo. Os títulos principais que conegui foram conseguidos aqui e por isso, quero agradecer ao presidente. É com essa grande vontade de continuar sobre esses pilares que o presidente tanto fala, competência, rigor, ambição e paixão, que vou continuar a servir o clube», começou por dizer, em declarações ao Porto Canal.

«Compreendo o momento da vida associativa do clube e devo dizer que não estou agarrado ao lugar. Para estar no FC Porto não basta ter contrato e isso vale para todos», acrescentou acerca do timing da renovação, em vésperas do ato eleitoral do clube.

Por sua vez, o presidente dos dragões explicou a renovação com o técnico defendeu que o acordo com este é benéfico para quem vencer as eleições do próximo sábado, 27 de abril.

«Renovação? É por tudo o que tem feito, por tudo o que é capaz de fazer, pelo futuro do FC Porto e para garantir que continuamos a vencer. Poderá parecer estranho só ter sido feito hoje, mas pretendíamos que estivessem já definidas as posições e que estivéssemos na final da Taça de Portugal. Fui criticado por outras listas por não ter assinado [com o Sérgio Conceição] há mais tempo, é sinal que todos desejam que ele continue. Outras listas disseram que a primeira coisa que iriam fazer era sentarem-se com Sérgio Conceição e não era para tomar café, mas para convencê-lo a ficar. Se a minha lista vencer, essa necessidade primária já está concretizada. Se não vencer, os outros têm a vida facilitada», referiu. 

Recrutado ao Nantes no verão de 2017, Conceição liderou o FC Porto nas últimas sete temporadas e alcançou 270 vitórias em 374 encontros, tendo conquistado dez títulos. Tornou-se ainda no treinador com mais jogos e mais vitórias alcançadas ao leme dos azuis e brancos, superando os registos que pertenciam a José Maria Pedroto.

Importa referir, no entanto, que este anúncio contradiz o que os próprios Pinto da Costa e Sérgio Conceição disseram meses antes das eleições.

«Acha que algum treinador de algum clube vai renovar o contrato sem saber com quem vai trabalhar? Há uma coisa que eu não quero: primeiro, eu não estou em período eleitoral e não quero envolver nenhum profissional de futebol nesta matéria», disse o dirigente portista, numa entrevista a 21 de novembro.

Por seu turno, o treinador alinhou no mesmo discurso. «(...) O presidente, que tem só 40 anos de presidência e é o mais titulado do mundo... não é no fim de um mandato que se vai renovar com o treinador», defendia então Conceição, a 2 de fevereiro. 
 

Relacionados

Patrocinados