FC Porto desmente que Koehler e Pedro Pinho estejam envolvidos no negócio da academia

18 mar, 21:40
FC Porto-Estrela da Amadora, Liga (LUSA)

Líder do PS na Maia afirmou que investimento foi feito pela empresa ABB, juntamente com o empresário João Koehler, que integra a lista de Pinto da Costa e Pedro Pinho, agente de jogadores, também próximo do presidente dos azuis e brancos. Dragões garantem que os terrenos «serão propriedade do FC Porto»

Ainda não arrancou sequer e já está envolvida em polémica, a nova academia do FC Porto, na Maia. A Câmara Municipal daquela zona aprovou, este domingo a venda, em hasta pública, pelo valor base de 3,36 milhões de euros, os terrenos para a construção da infraestrutura.

A proposta foi aprovada pela maioria, com exceção do Partido Socialista, representado por Francisco Vieira de Carvalho. O vereador deixou críticas à forma como decorreu todo o processo, assim como a transparência da aquisição dos lotes.

«Quem entra no processo de compra foi uma empresa de Braga, chamada ABB, em relação os tais hectares que o FC Porto diz que são deles. Não sabemos quem é o dono de quê ou fica com o quê. O uso vai ser da FC Porto SAD, mas quem vai ser o dono, faz a construção e arrenda não é o FC Porto, mas sim a ABB, de Gaspar Borges. Tudo aquilo que andam a dizer, que as máquinas já entraram é confuso para a Câmara e para mim como autarca», afirmou Vieira de Carvalho, citado pelo JN, na reunião camarária.

Além disso, o vereador socialista sublinhou que a única garantia é que é o FC Porto quem vai dar uso ao espaço e sublinha que os terrenos foram adquiridos pela empresa ABB, com o «apoio» de João Koehler, empresário que integra a lista de Pinto da Costa, nas próximas eleições e Pedro Pinto, agente de jogadores, também ele próximo do presidente dos azuis e brancos.

«João Koehler também estará metido neste negócio: se for comprado por alguém, que faça a obra e arrende ao FC Porto por um preço alto estamos a falar de um negócio da China. Pedro Pinho, pelos vistos, também estará com Koehler e Borges. O FC Porto é que vai usar, mas existe negócio antes disso, metade dos imóveis já foram comprados pela ABB, que fez o centro de estágio de Braga. O povo da Maia não tem gostado de ouvir estas notícias», acrescentou.

FC Porto desmente líder socialista

Num comunicado publicado no site oficial do clube, o FC Porto garantiu que as declarações do vereador socialista sobre a construção da academia «são falsas».

«Os terrenos e a futura Academia do FC Porto não serão arrendados. Serão propriedade do FC Porto», lê-se na nota dos dragões.

«É falso que João Rafael Koehler e Pedro Pinho tenham qualquer participação no negócio da futura Academia do FC Porto», referem ainda os azuis e brancos.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados