Tiroteio nas comemorações do Dia da Independência em Chicago. Autoridades confirmam 7 mortos e 30 feridos graves

CNN Portugal , NM - atualizada às 22:13
4 jul, 18:10

A polícia confirma que o suspeito ainda não foi capturado e está em curso uma operação de caça ao homem.

No estado do Illinois, o desfile da comemoração do Dia da Independência dos Estados Unidos (4 de Julho) foi interrompido por um tiroteio. O incidente ocorreu em Highland Park, cerca de 40 quilómetros a norte de Chicago.

Na conferência de imprensa, que ocorreu por volta das 19:00 (hora portuguesa), as autoridades de Highland Park confirmaram a existência de 7 mortos e 30 pessoas feridas com gravidade, que foram encaminhadas para o hospital. No entanto, um porta-voz ligado à área da saúde, garantiu à CNN que as unidades hospitalares já terão recebido pelo menos 31 feridos.

A polícia confirma que o suspeito ainda não foi capturado e está em curso uma operação de caça ao homem. De acordo com as autoridades, trata-se de um homem na casa dos 20 anos que terá utilizado uma espinguarda para disparar de um telhado contra a multidão.Uma arma foi encontrada e as autoridades estão a considerar este ataque como "completamente aleatório".

A CNN entrevistou uma testemunha no local, Miles Zaremski, que diz ter ouvido entre a 20 a 25 tiros e visto pelo menos uma pessoa com ferimentos de bala. A ocorrência terá começado dez minutos após o início do desfile.

“MANTENHA-SE FORA DA ÁREA – permita que os agentes e profissionais médicos façam o seu trabalho”, pode ler-se na conta de Twitter oficial da Polícia de Lake County, que acrescenta - num segundo tweet - que a caça ao homem se mantém e apresenta algumas das características do suspeito.

A Polícia do estado de Illinois fala numa “situação com um atirador ativo” e aconselha também todas as pessoas a evitarem a zona e a procurarem abrigo.

A autarca de Highland Park também confirmou a ocorrência de “um incidente na baixa da cidade” e já cancelou as restantes celebrações do 4 de Julho, acrescentando que mais informação vai ser partilhada assim que possível.

Nas redes sociais, estão a ser partilhados vários vídeos que mostram centenas de pessoas a fugir do local.

Biden diz-se em choque com novo caso de "violência sem sentido" no Dia da Independência 

Através de comunicado, a Casa Branca reagiu ao tiroteio durante as comemorações do 4 de Julho, em Highland Park. Joe Biden lembra que este é mais um caso de "violência sem sentido" que assola os EUA durante as celebrações do Dia da Independência.

“A Jill e eu estamos chocados pela violência sem sentido que mais uma vez trouxe sofrimento a uma comunidade americana neste Dia da Independência”, pode ler-se.

O presidente norte-americano realça ainda os esforços dos profissionais de saúde que estiveram no local, bem como o empenho das forças de segurança. Biden destaca ainda que vai continuar a acompanhar o caso de perto.

“Vamos acompanhar de perto enquanto descobrimos mais sobre aqueles que perderam a vida e rezar pelos que estão no hospital gravemente feridos”, culmina Joe Biden.

O presidente dos EUA lembra ainda os esforços que tem dirigido ao problema dos tiroteios no país e promete que "nunca vai desistir de lutar contra a epidemia da violência das armas".

 

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados