Norte-americana coloca filho infetado na mala do carro para evitar ser exposta à covid-19

11 jan, 11:11
Trânsito
Trânsito

Mulher de 41 anos conduziu até um centro de testagem com o filho no porta-bagagens para ser testado. Os profissionais de saúde chamaram a polícia

PUB

Uma mulher do estado norte-americano no Texas foi acusada de colocar uma criança em perigo depois de alegadamente ter mantido o filho de 13 anos, que estava infetado com covid-19, no porta-bagagens do seu carro, para evitar ser exposta ao vírus.

De acordo com um mandado do Gabinete do Procurador Distrital de Harris County, a que a CNN teve acesso, as autoridades foram chamadas a um centro de testes à covid-19 após um funcionário ter encontrado a criança naquele compartimento do carro.

PUB

A diretora daquele serviço de saúde testemunhou à polícia que estava a recolher informações de viaturas numa fila para testes à covid-19 quando “encontrou uma condutora, posteriormente identificada como Sarah Beam, com o filho na mala do carro”.

Sarah Beam, de 41 anos, confirmou que o filho de 13 anos estava mesmo na mala do carro "porque tinha testado positivo à covid-19" e que assim pretendia "evitar a exposição ao vírus" enquanto levava o menor para “testes adicionais”.

Quando o funcionário pediu à mulher para ver a criança, esta abriu o compartimento, onde "o menor estava deitado dentro do porta-bagagens". A mãe foi então informada de que a criança não faria o teste até que fosse retirada e colocada no banco de trás do carro. Os profissionais de saúde chamaram a polícia e voltaram para o carro.

PUB
PUB
PUB

Durante a investigação, a polícia conseguiu aceder às câmaras de vigilância de uma escola secundária adjacente e corroborar que a criança "saiu do porta-bagagens do carro e entrou no banco traseiro do veículo do lado do passageiro".

A mãe foi detida e entretanto libertada este domingo sob uma fiança de cerca de 1.300 euros.

Sarah Beam é professora no Distrito Escolar Independente de Cypress-Fairbanks (CFISD), adiantou o distrito escolar em comunicado enviado à CNN.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados