Laboratório de Análises de Dopagem de Lisboa recupera acreditação da AMA

23 set, 12:41
"Temos tido uma média de 10 novas drogas por ano". Laboratório da PJ analisa produtos apreendidos em Portugal

LAD tinha ficado sem credenciais em outubro de 2018

O Laboratório de Análises de Dopagem (LAD) de Lisboa recuperou a acreditação, quatro anos depois de ter sido revogada, por decisão do comité executivo da Agência Mundial Antidopagem (AMA), confirmou esta sexta-feira à Lusa o Comité Olímpico de Portugal.

O LAD ficou sem credenciais a 25 de outubro de 2018, pouco mais de dois anos depois da suspensão, a 15 de abril de 2016, inicialmente por um período de seis meses, desde quando ficou impedido de realizar qualquer análise de urina e sangue.

De acordo com fonte oficial do Comité Olímpico de Portugal (COP), o comité executivo da AMA aprovou uma recomendação do seu grupo consultivo de especialistas em laboratórios para fundamentar este passo.

«O COP considera que esta decisão é muito importante para o desporto português, pela recuperação da imagem internacional de uma estrutura que voltou a cumprir os padrões internacionais, e significará uma redução de custos no processo de análise e controlo da dopagem em Portugal», sublinhou o organismo.

Segundo o governo português, a integração no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge foi decisiva para a recuperação das credenciais do Laboratório de Análises de Dopagem de Lisboa.

Agora, o LAD vai ser sujeito a avaliações durante um período entre seis a 12 meses.

Patrocinados