Dakar2023: novo líder nas motas e Nasser aumenta vantagem nos carros

5 jan 2023, 12:36
Imagem da quarta etapa do Rali Dakar (foto do twitter do Dakar)

Português António Maio (Yamaha) desistiu no decurso da quinta etapa

O norte-americano Skyler Howes (Husqvarna) é o novo líder da classificação nas motas após a quinta etapa da 45.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno, na qual o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota) aumentou a liderança nos carros.

Howes aproveitou o atraso do australiano Daniel Sanders (GasGas), que cedeu mais de 26 minutos nos 373 quilómetros cronometrados de hoje em torno de Hail, na Arábia Saudita, para ascender ao comando das motas.

A etapa foi ganha pelo francês Adrien Van Beveren (Honda), da equipa liderada pelo português Ruben Faria, com 13 segundos de vantagem para o chileno Jose Ignacio Cornejo (Honda) e 5.13 minutos para o norte-americano Mason Klein (KTM).

De acordo com os resultados provisórios, Rui Gonçalves (Sherco) foi o melhor português na etapa, no nono lugar.

Na geral, Skyler Howes tem, agora, 44 segundos de vantagem sobre o argentino Kevin Benavides (KTM) e 1.40 minutos sobre Klein. Sanders desceu para oitavo, a 13.18 minutos.

O português António Maio (Yamaha) desistiu no decurso da quinta etapa, devido a problemas mecânicos na sua mota.

Entre os automóveis, Nasser Al-Attiyah respondeu com uma vitória sem contestação à decisão da véspera, tomada pela Federação Internacional do Automóvel (FIA) – de permitir um aumento de potência nos Audi (ganharam eletronicamente mais 11 cavalos).

O líder da classificação geral deixou o espanhol Carlos Sainz (Audi) em segundo, a 1.57 minutos, e o francês Stéphane Peterhansel (Audi) em terceiro, a 3.44. O saudita Yazeed Al-Rajhi (Toyota) foi quarto e desceu de segundo para terceiro da geral, por troca com Peterhansel, que está agora a 22.36 de Nasser.

Sexta-feira disputa-se a sexta de 14 etapas da prova, que liga Hail e Al Duwadimi, com 467 quilómetros de especial cronometrada.

Mais Lidas

Patrocinados