«Em nome do Ronaldo comprometeram-se a pagar os danos provocados»

22 jun, 16:29
Ronaldo e um Bugatti Veyron

Dono da propriedade danificada pelo Bugatti pertencente ao craque português foi à casa onde o jogador está alojado para pedir contas e saiu de lá mais tranquilo. Quando chegou a casa viu o cão a tremer de medo

O dono da propriedade em Maiorca contra a qual chocou o Bugatti Veyron pertencente a Cristiano Ronaldo deslocou-se na terça-feira à mansão onde está alojado o craque português para conversar sobre os danos causados a um dos muros, e não só, dessa moradia. «Tive de esperar um bom bocado até que me abrissem a porta, mas depois fui recebido por um homem e uma mulher muito educados. Em nome do Ronaldo comprometeram-se a pagar todos os dados provocados pelo Bugatti», disse em declarações ao jornal espanhol Ultima Hora.

«Com o choque arrancaram-me o contador da água e estive desde então que não tenho conseguido fazer a minha vida normal em casa. A porta saiu a voar e duas colunas de cimento foram derrubadas», acrescentou o homem, que estava a trabalhar na outra ponta da ilha quando foi avisado pela Guardia Civil sobre o acidente na segunda-feira.

Quando chegou a casa, já sem o bólide pertencente a Ronaldo no local, a maior preocupação do dono da casa foi com o cão, que costumava sentar-se junto à porta arrancada à espera que ele chegasse do trabalho. «Pensei que o tinham matado. Quando entrei, vi-o a tremer de medo longe da entrada», relatou.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ronaldo

Mais Ronaldo

Patrocinados