"Podem perder todo o vosso dinheiro": reguladores europeus alertam para os perigos das criptomoedas

17 mar, 15:59
Criptomoedas. Yuriko Nakao/Getty Images

Dos influencers às manipulações do mercado, a ESA publicou um relatório onde alerta para os perigos do mercado das criptomoedas

Os consumidores que procuram investir em criptoativos correm sérios riscos de perder o dinheiro investido, ser vítima de ciberataques e cair em esquemas por parte de alguns projetos, alertam as autoridades responsáveis pela supervisão de ativos na União Europeia.

“Os consumidores enfrentam a possibilidade muito real de perder todo o dinheiro investido se comprarem estes ativos”, alerta o grupo de supervisores europeus conhecido como ESA (sigla em inglês), num documento publicado esta quinta-feira. Este grupo de reguladores é composto pela Autoridade Europeia de Mercados de Valores Mobiliários, pela Autoridade Bancária Europeia e pela Autoridade Europeia para Seguros e Pensões Ocupacionais.

As autoridades destacam também a volatilidade do mercado dos criptoativos como um fator que deve ser tido em conta por qualquer investidor, principalmente aqueles que acreditam que estes ativos representam uma reserva de valor. “Os movimentos extremos do preço também significam que muitos ativos criptográficos são inadequados como reserva de valor, e como meio de troca ou pagamento”, garante o regulador.

Cuidado com influencers

Um dos principais destaques destas entidades é o papel dos influencers que promovem diversos ativos em múltiplas plataformas, alguns dos quais utilizam “estratégias de marketing agressivas”, com informação “pouco clara, incompleta ou propositadamente enganadora”. Estes conteúdos são, geralmente, muito curtos e focados em potenciais ganhos, incentivando os utilizadores a comprarem um determinado ativo e ofuscando os possíveis riscos envolvidos. Quase sempre estas pessoas têm um incentivo financeiro próprio para promover determinados projetos.

“Tenha cuidado com os influencers das redes sociais que normalmente têm um incentivo financeiro para comercializar certos ativos criptográficos e alguns produtos e serviços e, portanto, podem ser tendenciosos nas comunicações que emitem", destaca a ESA. Por isso, o regulador pede particular atenção aos investidores que são seduzidos por promessas de ganhos grandes e rápidos, particularmente “aqueles que parecem bons demais para ser verdade”.

Perigo de manipulação de mercado

O documento refere também uma falsa transparência do mercado que faz com que estes ativos sejam propensos a manipulação de mercado. A forma como os preços dos criptoativos são determinados e a execução das transações nas bolsas é frequentemente pouco transparente. "A detenção de certos criptoativos também é altamente concentrada, o que pode afetar os preços ou a liquidez. Você pode, portanto, não obter um preço ou tratamento justo quando comprar ou vender ativos criptográficos, ou não conseguir vender seus ativos criptográficos tão rapidamente quanto você gostaria na ausência de um comprador em potencial. Casos de manipulação de mercado foram relatados em várias ocasiões”, refere o documento.

O regulador expressa também uma maior preocupação pelo crescente número de investidores que arriscaram as suas poupanças para comprar um dos mais de 17 mil criptoativos disponíveis, incluindo bitcoin e ether, os dois principais ativos, que representam perto de 60% deste mercado. Uma grande parte dos investidores, considera a ESA, não compreende na totalidade os riscos inerentes a esses projetos.

O consumo energético necessário para produzir alguns destes criptoativos, particularmente os que funcionam com o protocolo Proof of Work (como é o caso do bitcoin), é também uma preocupação para o regulador, que expressa alguma preocupação com os impactos ambientais desses projetos.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados