Criminalidade violenta aumentou 5,5% no ano passado com 14.022 crimes

Agência Lusa , WL
31 mar, 17:15
Arma

As comarcas onde se registaram mais crimes foram as de Lisboa e do Porto

A criminalidade violenta aumentou 5,5% no ano passado em relação a 2022, tendo as polícias portuguesas registado um total de 14.022 crimes violentos em 2023, revelam as estatísticas da Direção-Geral de Política de Justiça.

As estatísticas, publicadas na página da Internet da Direção-Geral de Política de Justiça (DGPJ), mostram que os crimes violentos baixaram em 2020 (12.469) e 2021 (11.014), anos marcados pelos confinamentos da pandemia de covid-19, para registarem um aumento em 2022 (13.281) e uma nova subida em 2023 (14.022). Em 2019, os crimes violentos totalizaram 14.389.

Segundo a DGPJ, as comarcas onde se registaram mais crimes foram de Lisboa (3.835), do Porto (2.010), Lisboa Oeste (1.668), Algarve (901) e Lisboa Norte (858).

As estatísticas da justiça dão conta que os crimes registados pelas polícias portuguesas aumentaram cerca de 8% no ano passado em relação a 2022 e atingiram os valores mais elevados em 10 anos, totalizando 371.995 em 2023.

Entre os crimes que subiram no ano passado e mencionados na página da DGPJ constam o abuso sexual de menores, 976 em 2023, mais 12 do que em 2022, branqueamento de capitais, 104 (mais 55 do que em 2022), e 72 de corrupção (mais 16).

As polícias detetaram no ano passado 452 crimes relacionadas com o desporto, mais 98 do que em 2022, tendo também registado 39.712 crimes rodoviários em 2023 (mais 3.376).

Os crimes que baixaram no ano passou foram de incêndio florestal, 5.325 (menos 1.842) e violência doméstica, que teve uma ligeira diminuição, passando de 30.488 em 2022 para 30.461 em 2023 (menos 27).

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados