Rui Rio contra "medidas mais pesadas" de contenção da pandemia

Agência Lusa , BMA
24 nov, 18:16
Rui Rio
Rui Rio

Líder do PSD diz que o mais importante é voltar a instalar todos os centros de vacinação necessários para administração da terceira dose da vacina

PUB

O líder do PSD, Rui Rio, defendeu, nesta quarta-feira, que é preciso fazer tudo para proteger a população da evolução da pandemia sem voltar a situações de confinamento ou fecho da economia, rejeitando “medidas mais pesadas”.

No final da reunião com o primeiro-ministro, António Costa, que hoje termina a ronda pelos partidos sobre a evolução da pandemia, Rui Rio defendeu não serem necessárias “medidas que entravem o andamento normal da economia” nem sequer medidas “mais pesadas e mais em força”.

PUB

No fundo, a equação é fazer tudo aquilo que é necessário fazer para proteger a população, sem chegarmos ao ponto a que se chegou no passado, confinamentos e de fechos de determinados negócios. Neste momento não parece necessário”, afirmou.

Segundo o líder social-democrata, “aquilo que parece razoavelmente sensato e mais ou menos consensual na sociedade portuguesa” é, em primeiro lugar, a “necessidade de o Governo voltar a instalar todos os centros de vacinação necessários” para cumprir a terceira dose na população portuguesa.

PUB
PUB
PUB

Continuar com o uso de máscara, particularmente em recintos onde estejam mais pessoas e exigir, em sítios onde haja aglomeração, o certificado de vacinação e um teste”, sintetizou como pontos essenciais.

Recorde-se que, com Portugal na quinta vaga da pandemia, o Governo deve aprovar nesta quinta-feira novas medidas, cerca de uma semana após o grupo de peritos ter proposto um plano para conter o aumento de infeções.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos