Não há sobreviventes do avião chinês que se despenhou na segunda-feira

22 mar, 04:26

Boeing da China Eastern transportava 132 pessoas. A informação de que não há sobreviventes foi divulgada pela televisão oficial chinesa

A televisão oficial chinesa, CCTV, informou esta terça-feira que não foi encontrado qualquer sobrevivente nos destroços do avião da China Eastern que caiu na segunda-feira na região de Guangxi. O Boeing 737-800 transportava 132 pessoas. Esta foi a pior catástrofe aérea na China em mais de uma década.

"Os destroços do avião foram encontrados no local, mas até agora, nenhum dos que se encontravam a bordo do avião com quem se perdeu contacto foi encontrado [com vida]", noticiou a CCTV. A informação surgiu mais de 18 horas após o acidente de segunda-feira à tarde.

O avião despenhou-se numa zona de montanha, densamente arborizada, perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, quando voava de Kunming, na província de Yunnan, no sudoeste, para o centro industrial de Guangzhou, ao longo da costa leste. Segundo a Associated Press, o incêndio provocado pelo desastre foi suficientemente grande para ser visto nas imagens de satélite da NASA.

O acidente criou uma cratera profunda na encosta da montanha, informou a Agência de Notícias oficial da Xinhua, citando os socorristas. O relatório dizia que seriam utilizados drones e uma busca manual para tentar encontrar as caixas negras, que contêm os dados de voo e os gravadores de voz do cockpit, essenciais para as investigações do acidente.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados