Obras suspendem circulação ferroviária entre Cais do Sodré e Algés em dois fins de semana

Agência Lusa , JGR
16 fev, 17:42
Comboios da CP (António Pedro Santos/Lusa)

Segundo o comunicado, nos fins de semana de 24 e 25 de fevereiro e de 2 e 3 de março “haverá suspensão da circulação de comboios da CP na Linha de Cascais, entre o Cais do Sodré e Algés”

A circulação ferroviária entre o Cais do Sodré e Algés vai ser suspensa no último fim de semana deste mês e no primeiro de março, devido à modernização da Linha de Cascais e expansão do Metropolitano de Lisboa.

O anúncio foi feito esta sexta-feira através de um comunicado assinado pela Infraestruturas de Portugal (IP), CP – Comboios de Portugal e Metropolitano de Lisboa.

Segundo o comunicado, nos fins de semana de 24 e 25 de fevereiro e de 2 e 3 de março “haverá suspensão da circulação de comboios da CP na Linha de Cascais, entre o Cais do Sodré e Algés”.

A suspensão deve-se às obras de modernização da Linha de Cascais em curso e à expansão da rede do metro, mas “a circulação de comboios do Metropolitano de Lisboa não será afetada”, refere-se na nota.

Para “assegurar o serviço e minimizar o impacto dos trabalhos que decorrem de forma faseada e maioritariamente no período noturno e fins de semana”, a interdição de circulação de comboios da CP entre Cais do Sodré e Algés terá início às 23:00 de sexta-feira e terminará às 02:00 de segunda-feira, afirmaram as empresas.

No fim de semana seguinte, a interdição será idêntica, iniciando-se às 23:00 de 1 de março e terminando às 02:00 de 4 de março.

“Estas interrupções nestes dois fins de semana prendem-se com a construção da linha Circular do Metropolitano de Lisboa, que envolve a construção de um novo túnel para ligação da nova estação Santos à atual estação Cais do Sodré, que será efetuada em técnica de escavação a céu aberto, situação que implicará a realização de alterações provisórias do traçado da Linha de Cascais”, explica-se na nota.

As empresas destacam que esta intervenção tem de ser feita “com a maior segurança e rigor, que não será compatível com a circulação dos comboios da CP”.

Os trabalhos prendem-se, igualmente, com a construção de um novo átrio (poente) na estação Cais do Sodré do Metropolitano de Lisboa, com dois acessos diretos à superfície para a plataforma da CP, que permitirá “um aumento do escoamento dos clientes do Interface do Cais do Sodré, onde operam o metro, CP, Carris e Transtejo”, explicam.

Além dos serviços rodoviários de substituição disponibilizados pela CP no âmbito das obras de modernização da linha de Cascais, o metro de Lisboa, a CP, a IP, a CARRIS e outros operadores de transporte, em articulação com a Câmara de Lisboa, vão adotar medidas para minimizar os constrangimentos causados pela suspensão do transporte ferroviário naqueles dois fins de semana.

Assim, será criado um circuito alternativo em autocarros, no trajeto Cais do Sodré/Algés e sentido inverso, com partida da paragem dedicada à CP no Cais do Sodré, Praça Duque da Terceira (gelataria Fiori), via 24 Julho/Avenida da Índia, com paragem em Santos, Alcântara-Mar, Belém, e chegada/partida em Algés, no Largo da Estação (terminal rodoviário, junto à Av. Marginal).

Um circuito direto em autocarros entre o Cais do Sodré/Algés e sentido inverso funcionará ao sábado e domingo, das 10:00 às 20:00, com partida do Cais do Sodré, na Rua da Cintura ao Porto de Lisboa (lado rio), após a Estação Fluvial, e de Algés, da Av. Dr. Alfredo Magalhães Ramalho, frente à entrada principal do IPMA.

As carreiras da Carris que poderão ser utilizadas para circulação junto às estações da CP são a 15E, 751, 714, 728, 727, 732 e 201 (rede da madrugada) e, de Algés/Belém para o centro da cidade, a 723, 729, 750, 751, 727 e 728.

Aos clientes da CP com passe Navegante válido para o percurso Cais de Sodré/Algés, recomenda-se na nota a utilização do elétrico 15E, com paragem da Carris no Cais do Sodré (lado terra), e no Jardim de Algés, na Praça 25 de abril.

No comunicado informa-se ainda que, “no serviço rodoviário de substituição, os tempos de trajeto podem variar em função das condições de trânsito” e que, “entre o Cais do Sodré e Algés, não é garantida a ligação aos comboios de horário, exceto ao último comboio da noite, com partida de Algés às 02:05”.

“Os autocarros ao serviço da CP estarão identificados e estarão equipados com rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, não sendo permitido o transporte de bicicletas”, alertam ainda a IP, CP e metro, acrescentando que “o transporte de animais de companhia de pequeno porte é permitido se o animal viajar acondicionado em contentor apropriado” e transportado “como volume de mão”.

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados