CIES: João Neves lidera ranking mundial dos sub-20 mais experientes

24 abr, 09:56
João Neves (Benfica) (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Mateus Fernandes, do Estoril, e Gustavo Sá, do Famalicão, despontam entre nomes dos principais campeonatos europeus

João Neves é o jogador com mais minutos acumulados entre aqueles que ainda não completaram 20 anos. Segundo os dados divulgados na terça-feira pelo CIES Observatório do Futebol, o médio português acumulou 4905 minutos entre 23 de abril de 2023 e a mesma data deste ano.

Tendo por base as prestações no Benfica e por Portugal, João Neves surge no topo da lista, que conta com 100 jogadores sub-20.

No período indicado, o médio assinou quatro golos e uma assistência pelo Benfica em 58 partidas. Entre seleção sub-21 e principal, marcou por uma vez em 11 encontros. No total, foi suplente apenas por oito ocasiões.

Seguem-se Warren Zaire-Emery (PSG, 3558 minutos), Garnacho (Man. United, 3231 minutos) e Lamine Yamal (Barcelona, 2807 minutos). O avançado dos catalães é o mais novo da lista, ainda com 16 anos.

Nessa vertente destacam-se Pau Cubarsí (17 anos, do Barcelona), ​​Kendry Páez (16 anos, no Independiente del Valle, mas já «reservado» pelo Chelsea), Endrick Felipe (17 anos, do Palmeiras e em breve no Real Madrid) e Lewis Miley (17 anos, do Newcastle).

No posto 27 desta lista surge o nome de Mateus Fernandes, médio de 19 anos, formado no Olhanense e no Sporting, mas que está emprestado ao Estoril. Habitual titular nos «Canarinhos», o jovem internacional sub-21 leva 33 jogos, com um golo e uma assistência na Liga.

No lugar 100 está Gustavo Sá, médio do Famalicão, de 19 anos, que no último ano acumulou 2008 minutos. Depois de cumprir 21 partidas na época de estreia pela equipa principal, Sá leva 28 jogos, com dois golos e quatro assistências na Liga.

 

Dos três portugueses mencionados, Mateus Fernandes é o mais velho. O médio do Estoril nasceu a 10 de julho de 2004. Por sua vez, João Neves nasceu a 27 de setembro e Gustavo Sá a 11 de novembro.

Portanto, estes jovens talentos do meio-campo nacional ainda não eram nascidos quando o país estava em alvoroço, embalado pelo Europeu de 2004. Aquando da final com a Grécia, Mateus Fernandes havia nascido há seis dias.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados