Sete distritos de Portugal continental sob aviso vermelho devido à agitação marítima

Agência Lusa , MM
24 fev, 09:28
Agitação marítima na marginal da Foz do Douro no Porto (Estela Silva/LUSA)

O aviso vermelho – o mais grave de uma escala de três - nos sete distritos da costa norte portuguesa vigora entre as 07:32 e as 15:00 deste sábado em todos os distritos, exceto para Leiria, onde termina às 18:00

Os distritos de Aveiro, Braga, Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto e Viana do Castelo estão este sábado sob aviso vermelho devido à agitação marítima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, o aviso vermelho – o mais grave de uma escala de três - nos sete distritos da costa norte portuguesa vigora entre as 07:32 e as 15:00 deste sábado em todos os distritos, exceto para Leiria, onde termina às 18:00.

Durante este período o IPMA prevê ondas de noroeste com 7 a 8 metros de altura significativa, podendo atingir 14 metros de altura máxima.

O aviso vermelho passa depois a laranja (o segundo mais grave numa escala de três) nestes distritos, com a previsão de que a agitação marítima possa melhorar, com a previsão de que as ondas possam atingir os 12 metros de altura máxima.

Todos os distritos do litoral de Portugal continental vão estar sob aviso laranja para a agitação marítima até às 06:00 de domingo.

Guarda e Castelo Branco encontram-se sob aviso laranja devido à previsão de neve, que irá vigorar até às 18:00 deste sábado.

O IPMA emitiu ainda aviso amarelo para a Costa Norte da Madeira e Porto Santo devido a agitação marítima entre as 07:31 deste sábado e as 09:00 de domingo.

Para este sábado o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, agitação marítima forte e queda de neve acima dos 800/1.000 metros de altitude, subindo a cota para 1.400/1.600 metros e aguaceiros menos frequentes na região sul.

Dez barras fechadas e três condicionadas

Dez barras marítimas do continente estão fechadas e três estão condicionadas devido à agitação marítima forte. De acordo com a Autoridade Marítima Nacional e a Marinha Portuguesa, as barras de Aveiro, Caminha, Douro, Esposende, Figueira da Foz, Vila Praia de Âncora, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Portinho da Ericeira e São Martinho do Porto estão fechadas à navegação.

Encontram-se condicionadas três barras, estando a barra de Leixões fechada a embarcações de comprimento inferior a 35 metros, enquanto a barra de Viana do Castelo, está fechada a embarcações de comprimento inferior a 30 metros.

A barra de Lisboa está fechada a navios com calado superior a 8 metros. 

Meteorologia

Mais Meteorologia

Mais Lidas

Patrocinados