Mulher de 27 anos morre depois de ser atacada por cinco cães pastores em Espanha

TVI , MSM
24 out, 14:07
Guardia Civil durante operação policial em Palma de Maiorca (Imagem Getty)

O proprietário da exploração pode ser acusado de homicídio por negligência

Uma caminhada acabou de forma trágica em Zamora, Espanha. Quando saiu para passear na tarde de segunda-feira, uma mulher de 27 anos morreu depois de ser atacada por cinco cães, informam os meios de comunicação espanhóis.

A vítima foi atacada quando seguia por um trilho entre Roales del Pan e La Hiniesta. Ainda conseguiu avisar a mãe que os cães se aproximavam dela, mas quando esta chegou a filha já tinha sofrido o ataque.

Foram acionados os serviços de emergência, mas nada havia a fazer. Os paramédicos declararam o óbito no local.

Segundo a Guardia Civil, os cães pertencem a um pastor da zona. Quatro deles estavam devidamente identificados e vacinados, mas um deles não estava e investiga-se se será por causa da idade.

O homem pode ser acusado de homicídio por negligência, indicou a delegada do Governo de Castela e Leão, Virginia Barcones. "Os cães estavam soltos e sem a presença do proprietário da exploração", explicou a responsável, citada pelo La Vanguardia.

"A Guardia Civil está a investigar e a identificar responsabilidades", disse Barcones, acrescentando que "os cães estão em quarentena" e as autoridades vão determinar o seu destino.

Europa

Mais Europa

Patrocinados