Suspensas operações no aeroporto de Aleppo após bombardeamento atribuído a Israel

Agência Lusa , AM
28 ago, 07:16
Fotografia disponibilizada pela agência de notícias síria SANA, que mostra mísseis a voar sobre o céu perto do aeroporto internacional, na Síria

Ataque causou "danos materiais" ao aeroporto

As autoridades sírias disseram hoje que as operações no aeroporto internacional de Aleppo foram temporariamente suspensas, na sequência de um bombardeamento atribuído a Israel, não havendo até ao momento registo de vítimas.

O Ministério da Defesa sírio disse que o ataque ocorreu por volta das 04:30 (02:30 em Lisboa), no que descreveu como um "ato de agressão aérea a partir do Mediterrâneo, a oeste de Latakia".

O porta-voz militar, citado pelo Ministério, explicou que o ataque causou "danos materiais" ao aeroporto, onde foram "suspensas as operações", sem comentar a extensão dos danos às instalações.

Israel reconhece genericamente os ataques na Síria, argumentando que está a agir para impedir o estabelecimento de bases iranianas no país e o fornecimento de armas ao Hezbollah, movimento fundamentalista xiita libanesa, pelas autoridades iranianas, que apoiam Damasco no contexto da guerra iniciada em 2011.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados