Aguiar-Branco dá raspanete a Hugo Soares e explica-lhe qual é a função do presidente da AR

17 abr, 18:59

Interpelação à mesa feita pelo líder da bancada parlamentar do PSD não foi bem recebida na mesa

O presidente da Assembleia da República repreendeu esta quarta-feira o líder da bancada parlamentar do PSD. Considerou José Pedro Aguiar-Branco, que até foi eleito pelos sociais-democratas, que Hugo Soares foi além das suas funções.

Tudo depois de Hugo Soares ter feito um pedido de interpelação à mesa por causa de uma intervenção de um deputado do Livre, que afirmou que o Governo admitiu um “equívoco” na questão do alívio fiscal através do IRS, que motivou um debate de urgência com o executivo.

Ora, o deputado social-democrata pediu ao próprio Aguiar-Branco que perguntasse ao deputado do Livre qual o membro do Governo que afirmou aquela frase, bem como a altura em que o fez.

“Ou somos rigorosos nas palavras ou continuamos a contribuir para o desprestígio das instituições”, afirmou.

A resposta não demorou: “Vou clarificar como vejo esta função: não sou eu que tenho de dizer sobre aquilo que cada um diz ou não diz”.

Aguiar-Branco acrescentou que tem de “assegurar” que o debate é feito em “plena igualdade de armas”, não lhe competindo juízos de valor sobre conteúdos ou pedidos de esclarecimento aos demais deputados.

Mas foi mais longe: “Pedia, porque cada presidente que entra também faz a sua cultura, quando se usasse a figura de interpelação à mesa fosse exatamente nesses termos, para que não tenha de ter esta inovação. Bem ou mal, quero é que os senhores deputados não estejam condicionados”.

Tudo isto enquanto Hugo Soares continuou a falar, o que levou o presidente da Assembleia da República a lembrar-lhe: “Senhor deputado, estava a falar com o senhor deputado”.

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados