“Vim lutar por acreditar no futuro”. A carta de um combatente voluntário que vivia em Portugal

21 mar, 20:00

Um combatente estrangeiro que está na Ucrânia, que vivia em Portugal, revela que têm sido identificados e detidos falsos voluntários russos entre a legião, que presta apoio ao exército ucraniano.

Numa carta, a que a TVI/CNN Portugal teve acesso, este combatente descreve o bombardeamento russo à base militar de Yavoriv, na última semana, e explica a razão de querer continuar na guerra.

Europa

Mais Europa

Patrocinados