Um “líder raro” aberto ao “diálogo, compromisso e à paz”. Gorbatchov, o homem que mudou o curso da História

31 ago, 14:49

Mikhail Gorbatchov morreu, na terça-feira, aos 91 anos. As reações ao desaparecimento do último presidente da União Soviética chegam dos vários quadrantes políticos do Ocidente e lembram-no como o “líder global” que trouxe o fim da Guerra Fria. Contudo, na Rússia, chegou a ser acusado como o responsável pela queda do império soviético.

Europa

Mais Europa

Patrocinados