Ucrânia: "Os russos deixaram para trás milhares de minas e munições por explodir"

11 nov, 07:56

Presidente ucraniano anunciou a libertação de 41 localidades no sul do país, e garantiu que a prioridade das forças de Kiev passa pela desminagem dos territórios anteriormente ocupados pela Rússia.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados