"Tínhamos uma vida difícil, mas agora os russos deram uma grande ajuda". O desespero de quem se vê obrigado a deixar tudo para trás

29 mai, 14:42

As autoridades ucranianas acusam as tropas russas de estarem a promover um massacre na região do Donbass e a recusar assistência a civis em hospitais na Crimeia.

Os bombardeamentos contínuos obrigam à retirada de milhares de civis das cidades mais massacradas, como Sloviansk e Severodonetsk.

Europa

Mais Europa

Patrocinados