Russos destroem a ponte que restava em Severodonetsk para receber ajuda humanitária. Cerca de 10.000 pessoas ficam "abandonadas ao seu destino"

13 jun, 18:45

As forças russas destruíram a última ponte que restava em Severodonetsk para retirar pessoas e receber ajuda humanitária na cidade.

A notícia foi avançada esta tarde pelo jornalista da CNN Portugal Ireneu Teixeira, que assinalou que a destruição desta ponte pode colocar em risco as cerca de 10.000 pessoas que ainda habitam em Severodonetsk.

Europa

Mais Europa

Patrocinados