Russos atacam Energodar e tentam impedir a missão dos técnicos da AIEA

1 set, 09:43

Os russos estão a atacar o caminho previamente definido para a missão da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) - um caminho de cerca de 15 a 20 quilómetros, que é controlado pelas tropas russas e no qual é impossível garantir a segurança dos inspetores internacionais. De acordo com testemunhas ouvidas pelo repórter da CNN Portugal, Ireneu Teixeira, os russos estão a disparar contra as viaturas e haverá pelo menos três civis mortos na cidade de Energodar devido ao lançamento de morteiros. Devido à instabilidade, foi desligado o quinto reator central de Zaporizhzhia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados