Quem é Vladimir Kara-Murza, o ativista condenado a 25 anos por fazer frente a Putin?

17 abr 2023, 22:04

É a liberdade à moda da Rússia. Um dos críticos de Vladimir Putin foi condenado a 25 anos de prisão. 

Vladimir Kara-Murza cometeu o crime de criticar a guerra na Ucrânia, e isso quase o levou à morte por envenenamento. Estava preso há um ano e um tribunal de Moscovo condenou-o hoje à pena máxima. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados