Quatro anos depois, há quem ainda viva com sequelas da covid-19

5 abr, 17:30

Os médicos e cientistas estão a investigar os sintomas de covid longa, sequelas que o vírus deixa meses após a infeção aguda. E há quem, passados quatro anos, ainda sinta na pele os efeitos colaterais do SARS-CoV-2. Especialistas de todo o mundo estiveram reunidos em Lisboa, naquela que foi a primeira conferência a estudar esta doença.

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados