Miguel Alves julgado. Antigo secretário de Estado Adjunto de Costa nega acusação de prevaricação

11 jan, 21:53

O ex-presidente da Câmara de Caminha e antigo secretário de Estado Adjunto de António Costa começou a ser julgado.

Miguel Alves está acusado de prevaricação por alegadamente ter contratado serviços de assessoria à margem da lei.

Foi este caso que o levou a demitir-se do Governo em 2022.

País

Mais País

Patrocinados