João queria ter cinco minutos de fama. Para isso, planeou um atentado à sua faculdade

18 out, 22:13

Começou o julgamento do jovem de 18 anos que planeou um ataque de terror na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Foi detido pela Polícia Judiciária, na véspera do crime que planeou e confessou, mas que teve dificuldade em explicar no tribunal. Apesar dessas dificuldades, as perícias psiquiátricas feitas nos últimos meses afastaram o cenário de inimputabilidade, ou seja, de ser considerado incapaz. O jovem confessou mesmo que ambicionava cinco minutos de fama.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados