Explosão na Polónia: sem “certezas absolutas”, resta a “prudência” para que se evite o artigo 5.º e o descalabro nuclear

16 nov, 12:38

O major-general Isidro Morais Pereira e o professor universitário José Filipe Pinto, especialista em Relações Internacionais, acreditam que é preciso investigar o incidente na Polónia e até que sejam conhecidas conclusões é imperativo manter a “prudência”.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados