Envio de militares europeus para combater na Ucrânia? "É uma ideia bastante longínqua"

27 fev, 10:14

No final do encontro entre os líderes, em Paris, o presidente francês, Emmanuel Macron, não excluiu o envio de militares europeus para combater na Ucrânia. Sérgio Furtado, enviado especial da CNN Portugal, considera que esta foi uma “expressão daquilo que poderá passar pela cabeça do presidente Macron”. A Rússia e a Ucrânia ainda não responderam a estas  afirmações

Europa

Mais Europa

Patrocinados