Saiba tudo sobre o Euro aqui

"É preciso lembrar que o centro-esquerda em Itália fez mais por destruir os direitos dos migrantes do que a extrema-direita alguma vez conseguiu"

12 abr 2023, 18:24

O governo italiano liderado por Giorgia Meloni decretou estado de emergência migratório durante os próximos seis meses. A medida pretende facilitar a expulsão de migrantes e vem responder ao aumento do número de migrantes e refugiados que têm chegado à costa sul do país, vindos do norte de África. 

Miguel Duarte, ativista e voluntário português que ajudou no resgate de refugiados num barco no Mediterrâneo ao largo de Itália, lembra que a "erosão dos direitos dos migrantes começou bem, bem antes de a extrema-direita ter poder". Embora agora se registe um agravamento da situação, "no sentido em que partidos com este tipo de narrativa ganharam mais poder", o ativista observa ter sido o "centro-esquerda em Itália" a, por exemplo, criminalizar a ajuda humanitária aos migrantes. 

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados