“É evidente que dentro dos grupos à volta de Putin, que lhe tinham prometido a vitória, há uma guerra”

14 jan, 12:10

Ksenia Ashrafrullina, ativista russa, considera que os sinais de nervosismo apresentados esta semana por Vladimir Putin são um sinal de que “a Rússia está a perder”, uma vez que “o plano inicial” era “tomar Kiev em três dias”.

“É evidente que dentro dos grupos à volta de Putin, que lhe tinham prometido a vitória, há uma guerra” e que há homens que “estão a tentar estar mais próximos do presidente e influenciar sobre as decisões dele”.

A ativista defende que há a “necessidade de mostrar não só resultados”, mas também “indicar quem poderia ser o próximo a garantir a vitória”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados