“Chegámos em lágrimas, deixámos lá tudo”. As histórias de quem conseguiu fugir de Mariupol

16 mai, 22:42

A cidade de Zaporizhzhia já recebeu mais de 1.600 refugiados de Mariupol e de Kherson. Chegam desolados, de rosto pesado e sem nada nas mãos. A reportagem dos enviados especiais Carla Rodrigues e João Franco.

Europa

Mais Europa

Patrocinados