Cabecilha do assalto aos paióis de Tancos condenado a oito anos de prisão

7 jan, 12:00

O arguido do Caso de Tancos João Paulino, cabecilha do assalto, foi condenado a oito anos de prisão efetiva, depois de o tribunal ter dado como provados os crimes de terrorismo e tráfico de droga. O Ministério Público tinha pedido uma condenação de cerca de dez anos de prisão.

O editor de Justiça da CNN Portugal, Henrique Machado, e o advogado Saragoça da Matta analisaram, esta sexta-feira, as sentenças aplicadas pelo juíz. 

País

Mais País

Patrocinados