Bruxaria, dívidas e agressões: tudo o que se sabe sobre o homicídio de Jéssica

23 jun, 13:12

mãe da criança que acabou raptada e morta em Setúbal teria problemas com o marido e, por isso, entregou-se a rezas de uma mulher que lhe permitiria salvar a relação.

Segundo as suspeitas das autoridades, esta foi cobrando dinheiro, e exigindo mais, até que a vítima deixou de pagar. Então, atraiu-a a mais um encontro, em que a iria ajudar com uma última reza - sugerindo que a mulher levasse também a filha, que ficaria a brincar com a neta dela durante a "consulta". E a criança foi raptada nesse momento. 

A menor de 3 anos sofreu várias agressões durante os dias em que esteve raptada - por parte da mulher, do marido e da filha do casal. Até que começou a dar sinais físicos de que podia não resistir. Nessa altura, a mulher contactou a mãe para ir buscar a filha.

País

Mais País

Patrocinados