Ataque ao teatro de Mariupol: testemunhas não acreditam que tenha havido mais de 200 sobreviventes

4 mai, 21:07

Uma investigação da agência de notícias Associated Press concluiu que o bombardeamento do teatro de Mariupol, em março, poderá ter causado 600 mortos, o dobro do que havia sido avançado. Poderá ser o maior ataque contra civis desarmados desde o início da invasão da Ucrânia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados