Apenas sete membros dos Hammerskins com pena efetiva de prisão

27 jun, 20:52

O Tribunal Central Criminal de Lisboa condenou esta segunda-feira 22 dos 27 arguidos no processo Hammerskins a penas entre os seis meses e os nove anos de prisão, sete das quais de cumprimento efetivo.

A pena mais pesada foi aplicada a Alexandre Silva, condenado a nove anos de prisão efetiva, por um crime de discriminação racial, religiosa ou sexual, três crimes de ofensa à integridade física qualificada, um crime de homicídio qualificado na forma tentada e um crime de dano.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados