Andrew Tate: "Quero dar todo o crédito à justiça romena por ter tomado a decisão correta"

13 mar, 08:35

Andrew Tate e o irmão Tristan podem ser extraditados para o reino unido depois de serem julgados na Roménia.

A polícia de Bedfordshire tem um mandado de detenção europeu para os dois homens, de 37 e 35 anos, no âmbito de uma investigação sobre alegados crimes de violação e tráfico de seres humanos.

Os crimes terão ocorrido entre 2012 e 2015 e apesar dos irmãos negarem todas as acusações, foram detidos durante 24 horas.

Ambos aguardam, agora, pela decisão do tribunal de recurso de Bucareste sobre se o mandado de detenção é ou não executado.

À saída do tribunal de Bucareste, Andrew Tate reforçou que é um homem inocente.

Europa

Mais Europa

Patrocinados