Alexandra Leitão: vitória da extrema-direita em França é resultado da política de Macron de “secar toda a alternância democrática”

30 jun, 23:09

Alexandra Leitão admite que o resultado eleitoral em França, com a vitória da extrema-direita, não lhe “tirou a alegria” da escolha de António Costa para liderar o Conselho Europeu. Contudo, a socialista reconhece que será “mais um desafio” para o ex-primeiro-ministro português na nova função em Bruxelas. “É uma pessoa com as características certas para aquele lugar, de procurar consensos, de procurar pontes”, classificou. De volta à política francesa, Alexandra Leitão lamentou que o resultado deste domingo seja resultado da política de Macron de “secar toda a alternância democrática”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados