Von der Leyen nomeada candidata do Partido Popular Europeu à Comissão Europeia

Agência Lusa , MM
7 mar, 11:56
Ursula von der Leyen (Associated Press)

Decisão anunciada no congresso do PPE que termina esta quinta-feira na capital romena, Bucareste. Registam-se 489 votos válidos (e 10 nulos), dos quais 400 a favor e 89 contra

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, foi esta quinta-feira nomeada candidata principal do Partido Popular Europeu (PPE) para as eleições europeias de junho, para tentar uma reeleição à frente da instituição, com 400 votos a favor.

No congresso do PPE que termina esta quinta-feira na capital romena, Bucareste, Ursula von der Leyen teve ‘luz verde’ dos participantes do grupo de centro-direita, duas semanas após ter anunciado a sua candidatura a ‘Spitzenkandidat’ (cabeça de lista) do PPE para as eleições europeias de junho, visando uma recandidatura à frente do executivo comunitário por mais cinco anos.

Ao todo, registaram-se 489 votos válidos (e 10 nulos), dos quais 400 a favor e 89 contra, anunciou o PPE.

Ursula von der Leyen não foi ‘Spitzenkandidat’ do PPE em 2019, mas desta vez concorreu e foi apoiada pelo seu partido alemão, a União Democrata-Cristã (CDU), contando depois com suporte dos partidos homólogos polaco e grego.

Enquanto primeira mulher na presidência da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen foi aprovada pelo Parlamento Europeu, em julho de 2019 para começar o mandato em novembro desse ano, com 383 votos a favor, 327 contra e 22 abstenções, numa decisão que é tomada por maioria absoluta (metade dos eurodeputados em funções mais um).

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados