Idade mínima para comprar tabaco deve aumentar anualmente, recomenda comissão britânica

9 jun, 10:19
Tabaco

Comissão recomendou um total de 15 alterações para que o Reino Unido consiga até 2030 ser um país 'livre' do fumo do tabaco

Uma comissão criada pelo ministro da Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, recomendou que fossem feitas alterações nas leis de controlo do tabaco. Entre elas está o aumento, todos os anos, da idade mínima para a compra de tabaco, até que ninguém possa comprar o produto. A idade mínima situa-se atualmente nos 18 anos. 

De acordo com a agência Reuters, a comissão recomendou um total de 15 alterações para que o Reino Unido consiga até 2030 ser um país 'livre' do fumo do tabaco, considerado uma das maiores ameaças à saúde pública. 

Outra das recomendações é que os órgãos de comunicação social façam uma enorme campanha antitabaco.

De acordo com o The Guardian, estes ajustes não têm tido consenso em todo o governo britânico, nomeadamente a alteração da idade mínima - que passaria de 18 para os 21 anos - bem como a criação de novos impostos para as tabaqueiras. 

Sajid Javid já fez saber, em comunicado, que o governo vai "ponderar cuidadosamente" todas as recomendações que foram feita e que, oportunamente, será publicado um novo plano de controlo do tabaco. 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados