Pilotos de caça russo morrem após colisão com casa na Sibéria

CNN Portugal , AM com Lusa
23 out, 14:39

Avião colidiu com uma casa particular de dois andares, onde residem duas famílias, quando fazia voo de teste

Dois pilotos de um caça russo Su-30 morreram este domingo durante um voo de teste quando o avião em que seguiam caiu sobre uma casa, na cidade siberiana de Irkutsk, de acordo com o governador local.

“Ambos os pilotos morreram”, disse Igor Kobzev, através da sua conta na rede social Telegram, precisando que não há a registar qualquer ferido entre os habitantes locais.

O avião colidiu com uma casa particular de dois andares, onde residem duas famílias, disse ainda o responsável, adiantando que “o avião estava a fazer um voo de teste”.

Citado pela Efe, Igor Kobzev adiantou que o Comité de Investigação da Rússia abriu um processo penal, como é habitual nestas situações, e que a aeronave não transportava munições.

Vídeos partilhados nas redes sociais mostram o caça russo a cair quase verticalmente antes de explodir numa bola de fogo. De acordo com o governador, cerca de 150 casas nas proximidades ficaram sem eletricidade.

Na última segunda-feira, um caça Sukhoi Su-34 caiu num bloco de apartamentos em Yeysk, perto da Ucrânia, e cerca de 15 pessoas morreram. De acordo com dados preliminares deste acidente, onde os pilotos conseguiram ejetar-se, o mesmo deveu-se ao mau funcionamento do avião. 

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados