Cientistas acreditam estar perto de descobrir a quinta força da natureza: "Pode ser qualquer coisa: novas partículas, novas forças, novas dimensões, novas características do espaço-tempo"

CNN Portugal , ARC
11 ago 2023, 20:12
Quinta força da natureza (Fermilab/via Twitter)

“Estamos a falar de uma quinta força porque não podemos necessariamente explicar o comportamento nestas experiências com as quatro que conhecemos”

A ciência avança e a quinta força da natureza pode estar prestes a ser descoberta. Estudos feitos nos EUA intrigaram os cientistas, após algo que não esperavam ter acontecido e que demostra que pode existir uma nova força da natureza.

Em causa está a movimentação dos muões - uma partícula semelhante ao eletrão, mas cerca de 200 vezes mais pesada - no campo magnético. Durante os testes realizados no acelerador de partículas Fermilab, os muões surpreenderam os cientistas com uma inesperada oscilação.

“Estamos à procura de uma indicação de que o muão está a interagir com alguma coisa que não conhecemos. Pode ser qualquer coisa: novas partículas, novas forças, novas dimensões, novas características do espaço-tempo, qualquer coisa", disse o investigador do Fermilab Brendan Casey à agência Reuters.

Mitesh Patel, outro cientista envolvido no estudo, explicou em declarações ao Guardian que os muões se movem como piões, rodando em torno do eixo do campo magnético. A velocidade que ganharam no campo magnético e a seguinte oscilação não corresponde à teoria do modelo-padrão da física das partículas, que está na base de outras três forças da natureza.

“Estamos a falar de uma quinta força porque não podemos necessariamente explicar o comportamento [nestas experiências] com as quatro que conhecemos”, referiu ainda Mitesh Patel.

Os cientistas do Fermilab já tinham divulgado incompatibilidades em 2021. Agora, com as conclusões publicadas na revista Physical Review Letters na quinta-feira, confirmam os resultados anteriores com maior precisão.

Ainda assim, os estudos vão continuar até a existência de uma quinta força estar completamente provada. Os cientistas, de acordo com a BBC, esperam que tal aconteça nos próximos dois anos.  A confirmar-se esta nova força vem juntar-se a outras quatro já conhecidas: a força eletromagnética, a força nuclear forte e força nuclear fraca, que respondem ao modelo padrão, e ainda a força gravitacional.

Ciência

Mais Ciência

Mais Lidas

Patrocinados