Cadela gravemente ferida depois de salvar dona de ataque de puma

19 mai, 17:55
Leão da Montanha (U.S. National Park Service/ AP)

Ataques de puma a humanos são raros mas podem ser mortais. Animal selvagem só largou a pastor-belga depois de levar com gás pimenta

Uma cadela ficou gravemente ferida depois de salvar a dona de um ataque de puma durante um passeio num parque em Trinity, na Califórnia, Estados Unidos. Erin Wilson, de 24 anos, foi passear com a sua pastor-belga, Eva, de dois anos e meio, junto ao rio, quando foi atacada por trás por um puma.

A mulher gritou pela cadela, que seguia mais à frente, e que rapidamente veio em seu auxílio. Eva lançou-se ao puma, mas foi brutalmente atacada, contou a dona ao Sacramento Bee, admitindo "que nunca vai estar à altura do quão incrível e leal a Eva foi".  

O capitão Patrick Foy, do departamento de vida selvagem da Califórnia, disse em entrevista ao mesmo jornal que "a cadela, provavelmente, salvou a vida" daquela mulher.

Durante o ataque, o puma agarrou a pastor-belga pela cabeça e arrastou-a para fora do trilho. Erin tentou agredir o animal com pedras e paus e, a determinado momento, tentou apertar-lhe o pescoço e enfiar os dedos nos olhos, mas sem sucesso. 

Desesperada, correu para a estrada e pediu ajuda a um carro que passava. A condutora, Sharon Houston, pegou num tubo de PVC e gás pimenta e, juntamente com a dona, pulverizaram o puma, que acabou por largar a cadela.

Eva ficou gravemente ferida -  duas fraturas no crânio, uma perfuração no focinho e lesão no olho esquerdo -, mas conseguiu que a sua dona sofresse apenas alguns arranhões e contusões, além de ter recebido a vacina contra a raiva. 

 

"Estamos esperançosos que ela recupere, claramente é uma lutadora", disse o marido de Erin.

Os donos de Eva estão a angariar fundos para ajudar nas despesas veterinárias e nos tratamentos.

As autoridades californianas recolheram ADN das feridas e procuram agora o puma. Os ataques a humanos são raros, mas quando acontecem estes animais são abatidos.

Desde 1986 foram registados, na Califórnia, 20 ataques, e três das vítimas não sobreviveram.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados