Morreu histórico dirigente do PCP que passou mais de uma década detido durante o Estado Novo

Agência Lusa
27 nov 2023, 16:43
Jorge Araújo (PCP)

Fazia parte do Partido Comunista Português desde 1957

O antigo dirigente comunista Jorge Araújo morreu aos 87 anos, segundo uma nota divulgada esta sexta-feira pelo PCP.

Na nota, os comunistas recordam Joaquim Jorge Alves de Araújo, nascido em Vila Nova de Famalicão em setembro de 1936 e membro do partido desde 1957.

Jorge Araújo foi membro da Direcção da Organização Regional do Norte do PCP de abril de 1974 a 1976, ano em que foi eleito para o Comité Central do PCP, órgão que integrou até 1996. Foi membro do Secretariado de 1976 a 1990 e da Comissão Política de 1983 a 1992, refere a nota.

"Preso pela primeira vez ainda enquanto estudante da Faculdade de Direito de Coimbra em 1958, passou 12 anos da sua vida nas cadeias fascistas. Na sequência de uma terceira prisão em 1962, da qual se evadiu três meses passados, passou à vida clandestina nesse mesmo ano. Já nessa condição em 1963 foi preso e condenado tendo cumprido dez anos de prisão", lê-se ainda na nota dos comunistas.

País

Mais País

Patrocinados