Quase 11 milhões de portugueses podem votar para o Parlamento Europeu, com mais de 641 mil novos eleitores

Agência Lusa , AM
4 abr, 12:33
Entrada do edifício do Parlamento Europeu em Bruxelas. Foto: Kenzo Tribouillard/AFP via Getty Images

Eleições estão agendadas para 9 de junho

Um número estimado em 10,9 milhões de eleitores portugueses, dos quais mais de 641 mil estreantes, são chamados a participar nas europeias que no país estão agendadas para 9 de junho, divulga esta quinta-feira o Eurostat.

No âmbito das eleições dos deputados ao Parlamento Europeu (PE), que decorrem entre 06 e 09 de junho, o serviço estatístico da União Europeia reuniu dados junto dos seus congéneres dos Estados-membros dados sobre votantes.

De acordo com os dados recebidos do Instituto Nacional de Estatística, em Portugal (residentes no território nacional e no estrangeiro) há 10,9 milhões de eleitores, dos quais 641.779 votarão pela primeira vez para eleger eurodeputados.

Das 27 estimativas nacionais resulta que a Alemanha apresenta o maior número de eleitores (64,9 milhões de pessoas), seguida pela França (49,7 milhões) e a Itália (47 milhões).

No extremo oposto – com o menor número – estão Malta (400 mil), Luxemburgo (500 mil) e Chipre (700 mil).

No que respeita aos eleitores que vão escolher pela primeira vez os seus representantes no PE, os maiores números pertencem também à Alemanha (5,1 milhões), França (quatro milhões) e Itália (2,8 milhões) e os menores, por seu lado, a Malta (20 mil), Chipre (37 mil) e Estónia (70 mil).

Em percentagem do total de votantes elegíveis, as maiores taxas de novos eleitores são estimadas na Bélgica, França e Alemanha - respetivamente 9,7%, 8,0% e 9,9%.

Refira-se que na Alemanha e Bélgica, bem como Áustria, Grécia e Malta, a idade mínima para votar é de 16 anos.

Os eleitores da UE vão escolher, entre 06 e 09 de junho, os seus 720 representantes no Parlamento Europeu, com um mínimo de seis e um máximo de 96 por país, cabendo a Portugal eleger 21.

As eleições europeias decorrem a cada cinco anos e o número de eurodeputados é decidido antes de cada ato eleitoral, não podendo exceder os 750, mais o presidente do PE.

Europa

Mais Europa

Patrocinados