Cantor e compositor cubano Pablo Milanés morre aos 77 anos

Agência Lusa , AM
22 nov, 06:30
Pablo Milanés (Associated Press)

Autor de clássicos como "Yolanda" morreu em Madrid

O cantor e compositor cubano Pablo Milanés morreu na segunda-feira à noite, aos 77 anos, depois de ter sido hospitalizado em Madrid durante mais de uma semana, noticiaram os 'media' oficiais cubanos.

Milanés, uma das vozes mais reconhecidas da música cubana, foi o fundador e arquiteto do movimento da Nova Trova Cubana, juntamente com outros artistas de renome como Silvio Rodríguez e Noel Nicola.

Autor de clássicos como "Yolanda", Milanés lançou mais de 40 álbuns durante a carreira e ganhou, entre outros, o Prémio Nacional de Música de Cuba e o Grammy Latino de Excelência Musical.

O cantor e compositor cubano foi hospitalizado a 12 de novembro em Madrid, devido "aos efeitos de uma série de infeções recorrentes que afetaram o estado de saúde nos últimos três meses", surgidas em resultado "de uma doença hemato-oncológica" de que padecia "há vários anos e que o obrigou a mudar-se para Madrid", de acordo com um comunicado emitido então pela sua agência.

Música

Mais Música

Patrocinados