Confirmado caso de Monkeypox no Estabelecimento Prisional do Porto

9 jun, 13:43
Monkeypox (GettyImages)

Trata-se de um recluso que estava em liberdade e que deu entrada neste estabelecimento prisional no dia 30 de maio

Está confirmado o caso suspeito de Monkeypox no Estabelecimento Prisional do Porto. A informação foi confirmada à TVI, do mesmo grupo da CNN Portugal, pela Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP). 

Trata-se de um recluso que estava em liberdade e que deu entrada neste estabelecimento prisional no dia 30 de maio. O resultado soube-se depois de terem sido feito os exames clínicos regulares, nos quais já apresentava "sintomas sugestivos". 

"Feitas as análises e recebidos os resultados laboratoriais, confirmou-se a suspeita, tendo o recluso sido imediatamente encaminhado para o Hospital Prisional São João de Deus [em Caxias], onde se encontra internado e em recuperação", esclarece o DGRSP em nota enviada à TVI. 

Existem, entretanto, outros sete reclusos que terão estado em contacto com o doente e, por isso mesmo, estão em isolamento e "sob vigilância clínica sem que, até ao momento, tenham desenvolvido a doença".

Um oitavo recluso, que também esteve em contacto com o infetado, está em observação no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, confirmou fonte do sindicato nacional da guarda prisional à TVI.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados