Pogacar vence etapa mais longa do Tour e é o novo camisola amarela

7 jul, 16:47
Tadej Pogacar venceu ao sprint a sexta etapa do Tour

Wout Van Aert andou mais de 100 quilómetros em fuga, mas acabou por perder a liderança ao chegar a mais de sete minutos do esloveno

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu esta quinta-feira a sexta etapa da Volta a França e ascendeu à liderança da geral, sucedendo ao belga Wout van Aert (Jumbo-Visma), que depois de andar mais de uma centena de quilómetros em fuga, perdeu sete minutos e 28 segundos, passando a meta na 103.ª posição.

Na jornada mais longa da 109.ª edição do Tour, animada pela fuga do belga da Jumbo-Visma, que perdeu a amarela depois de andar cerca de 130 quilómetros na frente, o atual bicampeão do Tour foi o primeiro a cortar a meta, ao sprint. Pogacar cumpriu os 219,9 quilómetros entre Binche, na Bélgica, e Longwy, em 04:27.13 horas, à frente do australiano Michael Matthews (BikeExchange-Jayco) e do francês David Gaudu (Groupama-FDJ), respetivamente segundo e terceiro.

Pogacar bonificou dez segundos, Matthews seis e Gaudu quatro, numa jornada em que os portugueses Nelson Oliveira (Movistar) e Ruben Guerreiro (EF-Education EasyPost) foram 66.º a 04.04 minutos e 96.º a 06.15 minutos, respetivamente.

Ainda na geral, Nelson Oliveira é 46.º classificado, a cinco minutos e 50 segundos do camisola amarela. Guerreiro é 135.º, a 22 minutos e 40 segundos. Já Wout Van Aert deu um tombo até à 54.ª posição da geral, estando agora a sete minutos e 19 segundos de Pogacar.

Na sexta-feira, o esloveno, bicampeão do Tour, vai partir para a primeira etapa de montanha, uma ligação de 176,3 quilómetros entre Tomblaine e o alto da Super Planche des Belles Filles, com quatro segundos de vantagem sobre o norte-americano Neilson Powless (EF Education-EasyPost) e 31 segundos sobre o dinamarquês Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma), o vice-campeão do Tour2021, que é agora terceiro.

Relacionados

Patrocinados