Dezoito trabalhadores presos em mina que colapsou na região chinesa de Xinjiang

Agência Lusa , PP
25 dez 2022, 11:47
Mineiro chinês

Quarenta mineiros estavam a trabalhar na altura do colapso, sendo que 22 foram levados para a superfície

Equipas de socorro foram este domingo mobilizadas para Yining, na região noroeste chinesa de Xinjiang, para tentar retirar 18 trabalhadores presos numa mina de ouro que colapsou no sábado, disse a agência de notícias estatal Xinhua.

"As operações de salvamento estão em curso para recuperar os mineiros", escreveu a Xinhua no sábado à noite.

O incidente ocorreu por volta das 13.40 (5.40 de Lisboa) em Yining, na prefeitura autónoma cazaque de Ili, acrescentou a agência de notícias.

A área fica a cerca de 100 quilómetros do Cazaquistão.

Quarenta mineiros estavam a trabalhar na altura do colapso, sendo que 22 foram levados para a superfície.

A segurança das minas na China tem melhorado ao longo das últimas décadas, tal como a notificação destes incidentes que, no passado, eram frequentemente abafados.

No entanto, acidentes em minas ocorrem frequentemente no país devido ao desrespeito pelas normas de segurança.

Em dezembro de 2021, morreram dois mineiros que ficaram presos numa mina de carvão inundada na província de Shanxi, no norte chinês.

Dois meses antes, 19 mineiros presos após o colapso de uma mina de carvão na província noroeste de Qinghai foram encontrados mortos.

Ásia

Mais Ásia

Mais Lidas

Patrocinados