Mau tempo faz cancelar mais de duas dezenas de partidas e chegadas no aeroporto da Madeira

Agência Lusa , DCT
8 fev, 20:21
Aeroporto da Madeira

O Serviço Regional de Proteção Civil emitiu alertas à população e divulgou um conjunto de recomendações preventivas face às previsões meteorológicas adversas previstas para a região com a passagem da depressão Karlotta.

O mau tempo está esta quinta-feira a condicionar o movimento no Aeroporto Internacional da Madeira – Cristiano Ronaldo, tendo provocado até ao início da noite o cancelamento de 14 chegadas e 13 partidas, informou a ANA - Aeroportos de Portugal.

Segundo a página da ANA, consultada pela Lusa cerca das 20:00, o último avião a aterrar na Madeira chegou às 11:48.

Além dos cancelamentos nas partidas e nas chegadas, divergiram os voos programados da Ryanair e Wizz Air Hungary oriundos de Lisboa e Katowice (Polónia), respetivamente.

A Capitania do Porto do Funchal prolongou o aviso de mau tempo para a orla costeira da Madeira até as 06:00 de sexta-feira devido às previsões de vento muito forte, agitação marítima e má visibilidade.

O aviso tem por base as indicações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que colocou o arquipélago sob aviso amarelo para vento, chuva e agitação marítima, agravado para laranja nas zonas montanhosas e na costa sul da ilha da Madeira desde as 15:00 de hoje e até às 03:00 de sexta-feira.

O Serviço Regional de Proteção Civil emitiu alertas à população e divulgou um conjunto de recomendações preventivas face às previsões meteorológicas adversas previstas para a região com a passagem da depressão Karlotta.

O Serviço Regional de Proteção Civil recomendou, assim, que sejam evitadas as viagens para as zonas mais afetadas “por este tipo de situação meteorológica”.

Adotar uma condução defensiva, não circular por zonas com risco de derrocadas e garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais são outras das recomendações da autoridade regional.

Meteorologia

Mais Meteorologia

Mais Lidas

Patrocinados